segunda-feira, 25 de julho de 2016

A distância que nos aproxima



Nos últimos tempos eu tenho estado tão distante de você. Longe de nós dois. Foi aí que eu recorri à nossa história que aconteceu assim, meio sem querer.

Como eu disse nos meus votos do dia 13, eu estava feliz sozinha e você não procurava um par quando nos conhecemos. Naquele dia, em setembro, oficializamos a nossa vontade de grudar um no outro.

Mas não sabíamos que o nosso amor não estava no grude. Era a distância que nos fortalecia. Brasília ficou pequena para nós dois. Os 22 quilômetros entre as nossas casas não foram motivo para dificuldades. Muito menos quando o seu trabalho resolveu te afastar de mim e te levou para outra região do Brasil. Não nos importamos com isso.

Talvez fosse aquilo que nos mantinha vivos, cheios de amor um pelo outro. Hoje, quando nos distanciamos fisicamente por alguns dias, percebo nosso amor se fortalecendo.

Quando isso acontece, mal posso esperar para te avistar e te abraçar. Sentir seu cheiro, sua barba e seu cabelo próximos de mim.

Reclamo para o vento que você me dá mais valor quando na companhia da minha ausência. Talvez o motivo de eu falar em voz alta seja porque repito seu comportamento.

Não nego meu signo. Aquariana rebelde com ascendente em touro perfeccionista, quero viver tudo ao mesmo tempo fazendo da melhor maneira que posso. 

Muitas vezes preciso respirar e você nunca se queixou disso. Mas depois de viver um pouco, sinto saudade do seu abraço na nossa casa.

Você, diferente de todos os outros, nunca me tolheu. Respeita minha mania de liberdade e me deixa voar. Talvez seja esse o segredo da sua alma sagitariana. Ri do ciúme como se fosse a mais triste das piadas.

Demorei a aprender isso. Precisei me distanciar um pouco emocionalmente para entender de onde vem a nossa força. Eu escolhi você e você me escolheu. Lembrei disso e voltei para você.

Um comentário:

Thalízia Magalhães disse...

Que lindoo! Deus abençoe vocês!