sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Amanhã é outro dia, não é?


"Quando você tiver que enfrentar a vida, você vai entender". Era algo assim que seus pais lhe diziam. E ele os encarava com olhos arregalados e assustados. Mas no fim do dia ao voltar o pensamento daquela frase, achava besteira de adulto. Afinal, ele também enfrentava a vida. Acordava cedo e lutava contra o sono e a fome naquelas intermináveis aulas de física, química, matemática e todas as outras.

Mas ele não sabia nem da metade. E talvez hoje, quando lembra quase todas as manhãs dessa frase, ainda não saiba de muita coisa, já que costuma ouvir outra coisa. "Você está começando só agora". E nesse começo ele já percebeu várias coisas que passavam despercebidas naquele mundo colorido de antes. Hoje ele é mais acinzentado. O mundo e ele mesmo.

Amizades não são infinitas. 
O amor pode encher o saco.
Traição é mais comum do que se imagina..
Amigo e colega também podem trair.

Com isso tudo e um pouco mais, sua fé no mundo diminuiu um pouquinho. 
Relembrou de uma música.
"Queria ser como os outros e rir das desgraças da vida ou fingir estar sempre bem. Ver a leveza das coisas com humor. Mas não me diga isso! É só hoje e isso passa...Só me deixe aqui quieto. Isso assa. Amanhã é outro dia, não é?" Renato Russo.

3 comentários:

Gabriela Freitas disse...

Crescer é tão complicado.
Amanhã é outro dia...

Nina disse...

Eu esqueço a vida cinza de algumas pessoas, embora eu já tenha preferido ser uma tarde gris. Um erro.
Crescer nunca é fácil.
Abraços.

Mayra disse...

A gente espera que amanhã realmente seja um novo dia, não é mesmo? Crescer é algo complicado que Peter Pan nos ensinou a não querer mas nós não acreditamos, afinal, o batom vermelho e o salto alto sempre pareceram tão legais!
Gostei do blog, tentarei voltar mais!