terça-feira, 3 de julho de 2012

O silêncio do telefone

Dizem que Deus às vezes tem um plano diferente pra gente. Eu nunca fui religiosa. Sou dessas que só reza quando precisa e se sente mal por isso.Mas também não tem vontade de frequentar igrejas. Tenho várias opiniões contrárias das que são pregadas aos fiéis.

Nada do barulho do telefone

É muito difícil aceitar esse ditado quando se é uma pessoa controladora e cheia de projetos. É como se tudo caísse, escapasse da firmeza das mãos e estivesse em cacos. Agora é hora de colher todos eles para tentar encaixa-los novamente.

O celular não toca.

O mais desafiador é apertar o pause para aquela viagem dos sonhos, para ser independente e ser adulta de verdade. Complicado é forçar o sorriso no rosto e alegrar a alma. Impossível é ficar um dia sequer sem ter uma lágrima querendo escapar dos olhos.

Nenhum "ring ring" no meu ouvido.

E a vida, injustamente, segue seu curso normal. E você se sente que por mais que corra, está ficando para trás. Nenhuma resposta.

Nenhum telefonema.

E mais e outras tentativas. Nada ainda. Você se questiona se tudo que fez foi o bastante porque a competição só fica mais acirrada. E ainda há quem diga que quando aparecer uma oportunidade, chegarão várias de uma vez. Que será possível escolher.

Mas não, o celular ainda não deu sinal de vida com um número diferente na tela. Com uma oportunidade apreciando minhas qualidades e minha vontade de trabalhar.

Sim, Deus deve ter um plano diferente pra mim. Só pode.

Um comentário:

Lanier Rosa disse...

Rê, não há dúvidas. Deus tinha um plano diferente para você, e inimaginavelmente diferente. O celular não tocou antes, porque você precisava estar disponível quando sua oportunidade chegasse. Parabéns!!! Pelo texto e pelo cargo.