segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Amizade

Pra mim há dois tipos de amizade. Quer dizer, uma nem é amizade, mas vamos chamar assim.

O primeiro tipo é descompromissada. Surge naturalmente, e normalmente ainda nos tempos de infância ou até de faculdade. É aquela amiga que te liga pra dizer nada. Só pra conversar e ouvir sua voz. Saber se a outra está bem. Vocês podem ficar anos sem se encontrarem. Mas quando se vêem é como se nenhum dia tivesse passado desde a última vez. É quem você tem certeza que pode contar, mesmo longe. E a alegria dela é a sua alegria. Sabe aquela pessoa que te faz bem? Que traz seu sorriso de volta? E vocês riem de fatos passados? Diante de quase 600 contatos no Facebook, eu tenho 4 amigas assim. 

O outro tipo faz você acreditar, por um tempo, que ela é sua amiga. Mas assim que a distância aparece, as coisas saem do lugar. É difícil explicar. Sabe quando aquela química entre os casais vai embora, simplesmente? Isso também acontece com amizade. E quando vocês se vêem é porque você marcou e fez de tudo pro encontro acontecer. Ela só compareceu. Se depender dela, ela não não se move e vocês não se vêem. O irônico é que aparecem fotos dela na Internet com outras amigas, e  ela é uma das responsáveis pela logística. Mas nessa hora ela não lembra de você, e sim quando precisa. Quando o momento está difícil. Eu tenho uma "amiga" assim.


Eu quero mais a presença das 4 na minha vida. J,A,H e L.

3 comentários:

Flá Costa disse...

Rê, como falamos agora mesmo de tarde, amizade hoje em dia é coisa rara. É muito mais fácil encontrar o segundo tipo de amizade solto por aí do que o primeiro...

Mas sabe, as vezes, assim meio que de surpresa e quando a gente menos espera, surge uma amiga virtual pra gente contar e escutar todos os podres e as delícias internas! rs...

=]
Beijoca

Emilie S. disse...

fico imaginando se esse texto foi uma indireta pra alguma de suas amigas :)

Karine Tavares disse...

Seu blog é lindo, parabéns!
Vem conhecer o meu:

leiakarine.blogspot.com