sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Simples assim

Sabe o que é simplicidade?
É não ter que justificar nada. É o outro te entender e você entender o outro. É não ter preocupação. É menos trabalho e mais ócio. É mais chuva e mais sol, dependendo do gosto. Pra mim é meio a meio. Adoro uma chuva, mas não há nada mais alegre que um fim de semana com sol.
É o ar com cheiro de infância. São aquelas tardes compondo músicas rebeldes contra o mundo. São as aulas de violão. São as outras tardes andando por diversas ruas com as amigas pra tocar naquele estúdio em uma casa com aparência de abandonada. São aqueles sábados, durante a tarde, indo nos shows de rock dos amigos e tendo que chegar em casa a meia-noite. São aqueles domingos na porta de casa jogando conversa fora, bete ou vôlei.
São aquelas manhãs friazinhas de Goiânia que despertam cedo. São todas aquelas aulas em que se conversa com a melhor amiga. É aquele frio na barriga ao relembrar os momentos com o seu amor atual e imaginar ele nesse cenário antigo. É lembrar do barulho dos pássaros durante a aula de biologia daquele professor engraçado que fazia todo mundo rir e você, concentrada nas piadas, nunca prestou atenção no conteúdo.
É aquela preocupação danada com vestibular, quando você sabe que há sempre a prova da universidade privada pra se safar.
É sonhar em cantar num palco todo elaborado e com a platéia cheia. Eu sempre quis ser uma rock star. É se imaginar e prever todos os seus movimentos durante a canção.
É ver o presente já como o passado. É aguardar ansiosamente por uma viagem, mas já sofrer por antecipação por conta da saudade. É imaginar o futuro com um medo danado, mas também com uma calma inexplicável.
Sabe o que é simplicidade?
É isso aí.

5 comentários:

Flá Costa * disse...

simplicidade! adoooooro! e também fico no meio termo do sol e da chuva - adoro os dois, dependendo do meu estado de espírito. rs...

quanto à ser rock star - partilhamos de mais este desejo amiga. rs

Beijoca

Ana Luísa disse...

E a simplicidade, no fim das contas, é tanto, né??
Beijos!!

Veronica Rodrigues disse...

simples é bonito!


feliz natal

Del Santana disse...

ah, que texto bonito :)

p/ mim simplicidade é ficar em casa, ver sessão da tarde; é me jogar no chão com meu cachorro e não ligar se vou me sujar; é andar descalça; é tocar meu violão p/ o meu público imaginário (e p/ as pessoas de carne e osso também).

simplicidade é tudo o que está ao meu alcance e que tem um valor imenso, mas que, muitas vezes, a correria do dia-a-dia não me deixa tocar.

beijo

Antônio LaCarne disse...

a simplicidade que há de nos salvar. parabéns pelo texto. :)