terça-feira, 8 de novembro de 2011

Quando eu me permito

Às vezes eu me permito, sabe? Estudo, trabalho, me exercito e sou intolerante à lactose. Diante de tanta correria, cobranças e prazos eu dou uma escapulida.
Durmo até tarde quando posso. Durmo no ônibus. Não pego o carro todo dia pra economizar alguma grana. Quando fico em casa, mesmo sabendo das consequências,  como lactose. Normalmente enquanto assisto alguma das minhas séries preferidas.
Gasto boa parte em redes sociais ou espiando alguns blogs. Só observando a vida virtual dos outros.
Junto din din. Daí gasto boa parte em viagem. Preciso parar com essa mania e começar a pensar no futuro...
Tô tentando deixar pra lá um monte de coisa. Ando economizando meu estresse. Também estou desfazendo de algumas pessoas que me tiram do sério. Melhor não perder tempo com elas. Quando vale a pena, repenso.
Tô tentando arrancar de mim os adjetivos "nervosinha" e "séria demais".
Tô tentando deixar pra lá e desencanar.

Um comentário:

Flá Costa* disse...

Pois é, minha amiga, você me lembrou que eu preciso me permitir algumas coisas também. Tipo descanso.

Eu quero! Eu necessito!

Obs: Que droga essa história da lactose! =/