quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Chuva, por favor!



Ando sonhando por aí com um dia lindo.
Mas no meu conceito.
Quero nuvens carregadas, céu cinza e aquela chuva que bate uma preguiça gostosa de fazer qualquer coisa...

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Daqui a 10 anos?



Hoje uma pergunta gritou nos meus ouvidos.
"Como você se vê daqui a 10 anos?", o professor se atreveu.


Como eu me vejo daqui a 10 anos?
Há 10 anos atrás, eu achava que aos 16 eu iria pra todas as baladas. Quando soprei as 16 velinhas do bolo, ia somente a shows de punk rock. Eu achava que os caras de 20 anos eram adultos demais. Hoje eu acho eles bobos demais. Os caras de 25, então? Eram idosos! E eu namoro um que tá prestes a ter essa idade. Achava que quando ficasse adulta não usaria as roupas da minha mãe porque eram bregas. Hoje, praticamente, uso todas as roupas que uso para trabalhar são dela. Achava que seria a pessoa mais feliz do mundo se fizesse o curso que gostaria fazer. Estou prestes a terminar a faculdade e estou um pouco frustrada com a profissão. Eu achava que a minha vida era difícil demais com os deveres da escola. Hoje as obrigações vão muito além do dever.


Daqui a 10 anos?
Sei lá professor. Várias coisas que pensava, hoje são o contrário. Deixa rolar, vai.
E se uma empresa te perguntar isso?
Ah, invento qualquer coisa na hora.
Relaxa!

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

1 ano





"Eu sou o seu apaixonado de alma transparente. Um louco alucinado meio inconsequente. Um caso complicado de se entender. É o amor que mexe com minha cabeça e me deixa assim, que faz eu pensar em você esquecer de mim, que faz eu esquecer que a vida é feita pra viver."


Porque o amor é brega, mas sem ele eu não vivo mais.